ILT: O que é?

Atualizado 5/8/20 por João Tupinambá

Contexto

Uma das maiores dores de qualquer evento presencial corporativo é a comprovação de presença dos usuários e, posteriormente, a extração dos dados de maneira rápida e fácil.

Grandes empresas têm a frequente necessidade de levantar informações como: Quem participou do evento? Quando? Onde? Quem deu o treinamento? Qual conteúdo foi disponibilizado?

O Instructor-Led Training (ILT) nasceu com o objetivo de resolver essa necessidade.

Esta funcionalidade do Skore permite a criação de um conteúdo do tipo curso, em que os administradores podem disponibilizar as informações sobre um evento presencial, ou webinar, e os usuários podem se inscrever ou manifestar interesse por meio da plataforma.

Cada curso é composto de uma ou mais turmas, cada uma contendo a sua própria data, local, prazo de inscrição, número de assentos disponíveis e tempo de duração.

O conceito de turmas nasceu pois muitas empresas fazem treinamentos sobre o mesmo tema, mas, às vezes, em dias diferentes, em locais diferentes e com instrutores diferentes, e, neste cenário, se faz necessária a centralização de todas as informações em um mesmo local.

Funcionalidade e permissionamento

Os conteúdos do tipo curso têm o mesmo comportamento de um conteúdo comum da plataforma. Com isso, é possível vinculá-los a um espaço público ou privado, seguindo suas regras de permissionamento. Também é possível vincular este curso como parte de uma missão.

Turmas Públicas e Privadas

As turmas podem ser públicas (todos os usuários dentro do permissionamento podem ver) ou privadas em que o administrador determina a audiência por meio de times e usuários.

Caso não seja determinado um prazo de inscrição, a turma fica disponível até o seu horário de início.

O usuário pode também manifestar interesse em fazer aquele curso por meio do botão "Estou interessado". Isso serve de insight ao administrador para que ele, eventualmente, abra novas turmas sobre este tema.

Veja abaixo a apresentação do conteúdo na plataforma:

Interação do usuário

Ao ver o conteúdo na plataforma, o usuário pode se inscrever na turma, porém isso não garante a presença do usuário naquele evento.

No dia do evento, o usuário deve fazer o check-in, que pode ser feito por meio de um identificador/credencial (e-mail ou username) do usuário.

Após colocar o seu e-mail e senha já previamente cadastrado na plataforma, o usuário deve colocar sua assinatura digital para fins de auditabilidade.

Caso o curso esteja inserido como passo de uma missão, este só será marcado como concluído após o check-in ser validado.

Se o usuário não se lembrar da sua credencial, é possível criar um formulário personalizado, solicitando informações diversas (por exemplo: cpf, e-mail, matricula da empresa) para que este usuário possa ser posteriormente identificado pelo administrador ou instrutor da turma.

Se no dia não houver como acessar a internet, o check-in também poderá ser feito pelo instrutor posteriormente.

Implementação

Para que seja possível habilitar o curso presencial, é necessário pedir ao seu CS que habilite a função do ILT no seu ambiente.


O que você achou desse artigo? Gostou?


Powered by HelpDocs (opens in a new tab)