Casos de uso no Skore

Atualizado 19/8/20 por Luiza Aduan

Nossos casos de uso

Para tornar mais claro como as pages (e seus blocos) podem ser utilizados, separamos alguns exemplos de como os clientes Skore utilizam esse recurso nos seus programas de treinamento, ressaltando os casos de uso de Onboarding, Universidade Corporativa e Hub de Conhecimento.

Onboarding

O caso de uso do Onboarding tem como objetivo instruir o novo funcionário sobre tudo que ele precisa saber para iniciar uma nova jornada na empresa.

Ao conversar com experientes líderes em treinamento, percebemos que muitas das informações que um novo funcionário precisa saber são passadas por quem já está na empresa há mais tempo, mas quando esse processo se repete muitas vezes (seja pela expansão da empresa ou pela rotatividade), é notável que a qualidade do trabalho de quem passa as informações diminui, pois esta pessoa muitas vezes deixa de trabalhar para explicar o fluxo de trabalho ao novato.

E é ai que entra o caso de uso de Onboarding.

Você já imaginou ganhar total produtividade do seu time de volta colocando todos os materiais que um novo funcionário precisa saber em um local centralizado para ele consumir? E, de quebra, avaliar e acompanhar a evolução deste novo funcionário?

Isso seria incrível né?

DICA DO SKORE:

Aqui vão algumas dicas de quais conteúdos geralmente fazem parte do Onboarding:

  • Políticas internas da empresa;
  • Política de férias e de pagamento;
  • Apresentação da empresa (Missão, visão e valores da empresa);
  • Ferramentas de trabalho úteis e quais as melhores práticas;
  • Playbooks, jornada do cliente, fluxo de trabalho;
  • Cases de sucesso da empresa e por que as pessoas contratam;
  • Pitch da empresa;
  • Cursos obrigatórios;
  • Apresentação e treinamento das ferramentas específicas do dia a dia;
  • Pontos focais dentro da empresa (com quem eu falo quando...)
Usando o Skore para o Onboarding

As empresas que se utilizam deste caso de uso geralmente usam a ferramenta de Missões para dar as boas vindas ao usuário.

Além disto, também usam as pages para melhorar a experiência dos seus funcionário. 

Universidade Corporativa

O modelo de negócio da Universidade Corporativa tem por escopo o desenvolvimento do funcionário, em que é possível fazer plano de carreira e ainda disponibilizar cursos de atualização para todas as áreas.

Ao contrário do modelo de negócio de Onboarding em que apenas informações essenciais e do dia a dia são apresentadas ao novo usuário, o modelo de universidade serve para TODOS OS USUÁRIOS.

Pode ser, por exemplo, para acompanhar o plano de carreira dos funcionários, ou, ainda, deixar a pouco cliques as ferramentas não obrigatórias, mas ainda assim interessantes que podem servir para o desenvolvimento e desempenho dos funcionários.

Imagine que você é um analista Júnior, e quer ser efetivado para um analista Sênior, além de fatores externos como metas e entregas, quais são os requisitos essenciais que você tem que ter para se qualificar ao cargo? Um curso de análise de dados? Um curso de excel avançado? Uma pontuação alta em uma prova de conhecimento realizada pela sua empresa?

E se todos estes cursos estivessem à sua disposição em uma plataforma? Isso seria bem interessante, não?

Este método implica tanto na vontade do próprio funcionário em se desenvolver, como também no diferencial da empresa que oferece estes conhecimentos e, assim, qualifica e engaja ainda mais seus funcionários.

DICA DO SKORE:

Os conteúdos e trilhas mais comuns neste caso de uso são:

  • Treinamento de Google Sheets / Excel;
  • Análise de dados;
  • Power BI;
  • Programação;
  • Marketing digital;
  • Finança Corporativa;
  • Glossário da área;
  • Estatística;
  • Desenvolvimento de pessoas;
  • Comunicação assertiva;
  • Curso de liderança;
  • Leitura dinâmica;
  • Inovação;
  • Criatividade.
Usando o Skore para a Universidade Corporativa

As empresas que se utilizam deste caso de uso geralmente usam a ferramenta de Missões para disponibilizar os cursos. Para casos de uso avançados, é possível implementar uma feature de automação de times, em que, por meio de respostas a perguntas, os usuários são direcionados a cursos diferentes, baseado no interesse individual de cada um.

Além disto, as pages são usadas para melhorar a experiência dos colaboradores com artigos interessantes sobre o mercado e insights.

Hub de conhecimento

Por fim, mas não menos importante, chegamos ao caso de uso do Hub de Conhecimento, que nada mais é do que um local em que o usuário pode consumir o conhecimento de forma líquida, ou seja, sem uma ordem preestabelecida.

Este modelo é bem interessante quando a empresa quer disponibilizar materiais para consulta, ou ainda quando quer compartilhar conquistas e notícias sobre a empresa ou o mercado no geral.

É como se fosse um feed de notícias sobre a empresa e o mercado como um todo.

DICA DO SKORE:

Os conteúdos mais comuns neste caso de uso são:

Materiais de consulta:

  • FAQ;
  • Script de falas para as empresas;
  • Sites úteis para o dia a dia;
  • Informações úteis.

Conteúdos relevantes:

  • Notícias sobre a empresa que saíram na mídia;
  • TED Talks;
  • Ata de reuniões mensais;
  • Notícias interessantes que são compartilhadas pelo gestor com a equipe.

Outros materiais:

  • Aniversariantes do mês;
  • Espaço para vagas e indicações;
  • Termos e políticas da empresa;
  • Canais de comunicação.
Usando o Skore para o Hub de Conhecimento

As empresas que se utilizam deste caso de uso geralmente usam as pages para melhorar a experiência dos seus funcionários com artigos interessantes sobre o mercado e insights

Nas pages, é muito comum se utilizar do sistema de recomendação, que faz com que a página apresente conteúdos randômicos para pessoas diferentes. 

Neste caso de uso, os gestores podem ser considerados experts e podem compartilhar matérias interessantes do mercado e do dia a dia.


O que você achou?


Powered by HelpDocs (opens in a new tab)