AICS: Como criar um curso

Atualizado por Sabrine Serikawa

Com o AI Course Studio você tem algumas possibilidades de criar cursos: pedindo para a que IA desenvolva todo o conteúdo ou utilizando um conteúdo bruto que já possua.

O conteúdo bruto ainda não existe

No caso de você ainda não possuir o conteúdo bruto que vai dar origem ao curso, você pode solicitar que a IA crie esse material. É importante reforçar que estas funcionalidades trarão temas mais abrangentes e, caso você precise trazer informações mais direcionadas para sua empresa, você precisará editar o curso.

Um exemplo:

Você precisa fazer um treinamento sobre Segurança da Informação, para apresentar alguns conceitos e as principais situações de ameaça às quais sua empresa pode ser exposta. Além disso, precisa passar as orientações da empresa para como proceder ao identificar estas ameaças e a quem reportá-las.

A parte conceitual e as principais situações de ameaça podem ser solicitadas para a IA, no entanto, você precisará inserir no seu curso aquilo que é específico da sua empresa e que nenhuma IA poderá criar.

Dessa forma, nem todos os tipos de treinamento devem ser desenvolvidos pela IA. Para ajudar nesta identificação, responda algumas perguntas:

Pergunta

Conteúdo de IA

Conteúdo de IA + edição pelo criador

Conteúdo do criador

O objetivo do treinamento é nivelar o conhecimento de conceitos?

-

-

O objetivo é nivelar conceitos e apresentar orientações e informações específicas da sua empresa?

-

-

O objetivo é apresentar orientações e informações específicas da empresa?

-

-

O objetivo é apresentar procedimentos ou sistemas?

-

-

1. Rápida

Na criação rápida os únicos inputs necessários são o assunto do curso e o idioma.

O campo de assunto do curso tem um limite de 100 caracteres e é possível escolher entre 16 idiomas, entre eles PT, EN e ES.

Com estes inputs um curso com o modelo “Uma página” é criado e pode ser editado como os outros, adicionando outros blocos de aprendizagem, excluindo blocos gerados e editando o template, cores e os textos.

2. Guiada

Esta é a modalidade mais flexível de todas, pois você pode selecionar uma série de configurações para o seu curso, como profundidade do conteúdo e duração, modelo (uma página ou clássico), idioma entre outros recursos, como vídeos, artigos e questionário. Veja abaixo o que pode ser configurado:

  • Idioma: escolha entre 16 idiomas (Árabe, holandês, inglês, francês, alemão, hebreu, italiano, japonês, mandarim, nepalês, polonês, português, russo, espanhol, turco, ucraniano)
  • Assunto: assim com na criação guiada, o assunto tem um limite de 100 caracteres. Descreva objetivamente o tema do curso que você quer criar.
  • Nível/Duração:
    • Básico: gera um curso com uma duração aproximada de 20 minutos (16 telas no modo Clássico)
    • Intermediário: duração aproximada de 40 minutos (33 telas no modo Clássico).
    • Avançado: duração aproximada de 60 minutos (50 telas no modo Clássico).
Cuide da carga horária!
Mesmo que seu conteúdo seja grande, sugerimos que, se possível, você o divida em partes menores, pois em tempos de atenção reduzida, cursos com carga horária reduzida favorecem a retenção do conhecimento.
Por exemplo: se o seu conteúdo tem 60 min, procure dividir em 3 parte de 20 min ou 4 de 15 min. Com isso, você pode criar uma missão com peças menores na qual o usuário tem a percepção de progressão e terá mais facilidade na retenção das informações.

  • Tópicos:
    • São sugeridos um conjunto de tópicos com base no assunto introduzido que define basicamente as seções que seu curso terá. Estes tópicos podem ser expandidos, reduzidos e editados, mas cuidado para não adicionar muitos tópicos, pois isso pode dificultar a navegação no curso. Para uma formatação adequada, sugerimos entre 3 a 6 tópicos. 
    • É neste ponto em que se determina o nível de profundidade do conteúdo, pois entre os 3 a 6 tópicos que podem ser escolhidos para a criação do curso, você determina os que são realmente relevantes para o seu treinamento. Você pode manter ou editar os tópicos sugeridos.
Importante!
Lembre-se de que se você optar por um curso de 20 min e inserir 6 tópicos, o seu conteúdo será mais raso, ao passo que se você escolher 2 ou 3 tópicos, a profundidade aumenta.
Independentemente da carga horária, faça o seu papel de revisor humano para identificar o que realmente for relevante para o seu projeto e, caso entenda que o que foi sugerido pela IA ainda não seja o suficiente, você pode inserir blocos de aprendizagem no curso.

  • Blocos adicionais:

Além do conteúdo em si, é possível incrementar o curso com outros blocos de aprendizagem, que são descritos a seguir.

  • Exercícios práticos: Adiciona uma lista colapsável com uma série de exercícios para que o aluno pratique o conteúdo consumido.
Atenção: Não há uma forma do aluno enviar um arquivo com o resultado dos exercícios práticos diretamente pelo curso. Entretanto, é possível adicionar um link para um drive ou formulário por onde a pessoa poderá enviar o arquivo.
  • Artigos: Adiciona um bloco com uma série de artigos da internet sobre o tema.
Atenção: recomendamos revisar todos os link inseridos para garantir que eles estejam corretos. Como a fonte do modelo de AI não é 100% atual, links podem ter sido alterados ou removidos e dependendo do tema que você solicitou, é possível que a IA não gere vídeos e artigos por não encontrar sugestões.
  • Vídeos: Adiciona várias opções de vídeos do Youtube para compor o curso.
  • Conclusão: Adiciona um resumo de tudo o que foi abordado no curso, geralmente em formato de lista colapsável
  • Questionário com nota: Gera um quiz com perguntas sobre o assunto do curso. Este bloco de questionário pode ser editado e expandido com diferentes tipos de pergunta:
    • Múltipla escolha: só permite uma resposta por pergunta
    • Relacione: cria pares de palavras ou frases que o aluno deve relacionar. Na criação deste tipo de pergunta você deve configurar os pares corretos na edição do curso. Na visualização os pares serão embaralhados.
    • Ordenação: gera uma lista sequencial que deve ser ordenada pelo aluno. Na criação deste tipo de pergunta você deve configurar a sequência correta na edição do curso. Na visualização a sequência será embaralhada.
    • Preencha a lacuna: escreva uma frase e selecione no campo em branco abaixo da frase as palavras da frase que deverão aparecer em branco.
  • Acordo do aluno: adiciona um termo de confirmação de que o aluno realizou o curso. O curso só irá ser efetivamente concluído se o aceitar o termo.
  • Modelos do curso: e finalmente, você poderá escolher entre o formato do curso:
    • Página única: gera um curso em que para avançar o aluno deve rolar a página
    • Clássico: gera um curso em que para avançar o aluno navega entre slides (anterior/próximo)
Importante!
A IA é uma ferramenta poderosa e que pode nos ajudar a ganhar tempo, no entanto, por ser uma tecnologia recente, ela não é infalível e pode cometer erros. Dessa forma, no caso da criação de cursos nas modalidades Criação rápida e Criação guiada, é importante verificar e garantir a precisão do conteúdo e para isso, vão algumas dicas:

Revisão humana
Sempre submeta o conteúdo desenvolvido pela IA por um processo de revisão humana para identificar e corrigir erros, garantir a clareza e a precisão das informações.

Fontes confiáveis
Caso a IA sugira números, datas ou estatísticas verifique a veracidade e atualização em fontes confiáveis antes de publicar seu curso.

Informações críticas
Caso o treinamento envolva informações críticas ou regulamentações, verifique em várias fontes, entre elas, fontes governamentais, para identificar inconsistências e garantir a veracidade das informações.

O conteúdo bruto já existe

No caso de você possuir o conteúdo que vai dar origem ao treinamento, verifique se ele atende às orientações do item “Como construir o seu conteúdo

Dica poderosa!
Faça uma análise criteriosa do seu texto para identificar possíveis pontos de melhoria antes de fazer o upload do arquivo na ferramenta. 
Como a ferramenta vai organizar seu texto quebrando em blocos e seções, se o material original estiver com problemas de organização e hierarquia de informações será necessário um trabalho extra de edição para deixar o treinamento didático e pronto para ser consumido.

Importante!
A ferramenta utilizará apenas a parte textual para criar o curso. Caso o seu conteúdo possua imagens como gráficos, tabelas, diagramas entre outros, você precisará subir como imagens.

3. A partir de um arquivo

Se você já tiver o conteúdo bruto, pode optar por criar o seu curso fazendo um upload do arquivo nos formatos PDF, .pptx ou docx. A ferramenta vai transformar o seu arquivo em um curso no formato “Uma página” mantendo o conteúdo original. 

Este modo deve ser utilizado quando o conteúdo do curso precisa levar em consideração informações internas, específicas da sua empresa, pois o arquivo enviado neste modo de geração de curso é utilizado apenas no momento da criação e não fica salvo nas bases de dados.

  • O tamanho máximo dos arquivos aceitos é de 40 mil caracteres ou 50MB.
  • Se o arquivo tiver imagem elas não serão incorporadas no curso gerado.
  • Você deve escolher o idioma do arquivo/curso a ser gerado.
  • Existe a opção de utilizar apenas a informação contida no documento carregado ou também utilizar o motor da IA para enriquecer o conteúdo.
  • Nesta forma de criação, os cursos são gerados apenas com o template “Uma página”.

4. Em branco

Também é possível iniciar a criação de um curso do zero. Para tanto escolha a opção “Em branco” e em seguida escolha o modelo do curso que você irá criar: Uma página ou Clássico.

A partir daí você poderá utilizar as ferramentas de edição como a Edição com AI e os diversos Blocos de aprendizagem para construir seu curso.

Agora que você criou o seu curso com a ajuda do AICS, que tal personalizá-lo?
Veja como em ACIS: Enriquecendo o curso criado


O que você achou desse artigo? Gostou?


Powered by HelpDocs (opens in a new tab)